Bio

Antonio Vicente Seraphim Pietroforte é formado em Português e Lingüística pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo; fez o mestrado, doutorado e livre-docência na mesma Faculdade, onde leciona desde de 2002 no Departamento de Lingüística; atua nos cursos de graduação em Letras e no curso de pós-graduação em Semiótica e Lingüística Geral.

 

Na área acadêmica, é autor de:

  • Semiótica visual – os percursos do olhar (1ª ed, Contexto, 2004; 2ª ed, Contexto, 2007); Análise do texto visual – a construção da imagem (lª ed, Contexto, 2007);
  • Tópicos de semiótica – modelos teóricos e aplicações (1ª ed, Annablume, 2008);
  • Análise textual da história em quadrinhos – uma abordagem semiótica da obra de Luiz Gê (1ª ed, Fapesp-Annablume, 2009);
  • Enunciação e tensividade – a semiótica na batida do samba (1ª ed, Annablume, 2010);
  • O discurso da poesia concreta – uma abordagem semiótica (1ª ed, Fapesp-Annablume, 2011).

 

Na área literária, é autor de:

  • Amsterdã SM (romance, DIX, 2007);
  • O retrato do artista enquanto foge (poesias, DIX,2007);
  • Papéis convulsos (contos, DIX, 2008);
  • Palavra quase muro (poesias, Demônio Negro, 2008);
  • Concretos e delirantes (poesias, Demônio Negro, 2008);
  • Irmão Noite, irmã Lua (romance, Dix, 2008);
  • M(ai)S – antologia SadoMasoquista da literatura brasileira (prosa e poesia, DIX, 2008), organizada em parceria com o escritor Glauco Mattoso;
  • Fomes de formas (poesias, Demônio Negro, 2008), composta em parceria com os poetas Paulo Scott, Marcelo Montenegro, Delmo Montenegro, Marcelo Sahea, Thiago Ponde de Morais, Luís Venegas, Caco Pontes;
  • A musa chapada (poesias, Demônio Negro, 2008), composta em parceria com o escritor Ademir Assunção e o artista plástico Carlos Carah;
  • Os tempos da diligência (poesias, [e] editorial, 2009);
  • Menthalos, composta em parceria com o artista plástico Jozz (história em quadrinhos, [e] editorial, 2010);
  • O livro das músicas (poesias, [e] editorial, 2010);
  • Sara sob céu escuro (romance, [e] editorial, 2011);
  • Aos pés das letras – antologia podólatra da literatura brasileira (prosa e poesia, [e] editorial, 2011), organizada em parceria com o escritor Glauco Mattoso.